Pedreiro – Como avaliar antes de contratá-lo?

Contratar um pedreiro pode ser uma experiência bastante estressante quando você não conhece direito o profissional. Atrasos em obras, mal acabamento, desentendimentos sobre os prazos e preços são apenas alguns dos problemas muitas vezes relatados pelos clientes de primeira viagem. Para não transformar a sua obra em uma novela dramática e sem fim, conheça algumas dicas interessantes sobre como avaliar um pedreiro antes de contratá-lo.

Avaliando o Pedreiro

A contratação de mão de obra não deve ser negligenciada – é um dos custos mais dispendiosos do orçamento e faz toda a diferença investir em profissionais bons, capacitados e que gostam do que fazem. Mas como identificá-los? Esta deve ser a preocupação número um de quem está fazendo obra.

pedreiro

Além de um bom pedreiro, muitas vezes é necessário analisar toda a equipe, dos auxiliares ao mestre de obras. Um pedreiro deve ser idôneo, experiente, capacitado e atento às tendências que o mercado da construção civil propõe.

O pedreiro e o preço do serviço

Peça vários orçamento aos pedreiros indicados por conhecidos. A recomendação é um fator importante na escolha – converse com quem já trabalhou com o profissional. Os valores variam muito de um profissional para o outro e entre as diferentes regiões do país. Além disso, deve-se considerar o tempo de serviço da obra e o padrão de construção, já que os valore que eles cobram depende muito do tipo de casa que será feito.  Em uma residência térrea, o valor de mão de obra é menor do que um sobrado, por exemplo. Não tem como conseguir um bom preço sem pesquisar bastante.

Conheça os trabalhos anteriores do pedreiro

Visitar pelo menos uma casa que ele tenha feito dará bastante perspectiva sobre o seu trabalho. Não contrate um pedreiro do qual não conheça o serviço. Analise juntamente com outros clientes se o produto foi entregue adequadamente, se o pedreiro tem um bom relacionamento interpessoal com clientes e parceiros, se prima pelos detalhes na construção, entre outros aspectos.

Avalie o perfil profissional

Confira qual é o perfil do pedreiro e das pessoas que fazem parte da sua equipe de trabalho. Afinal, você colocará dentro da sua casa pessoas que ainda não conhece. Se tiver má índole ou um perfil duvidoso quanto à postura e comportamento ético, não contrate para não se estressa mais tarde. Há profissionais bons e ruins em todas as profissões – e entre os pedreiros não é diferente.

Faça um contrato

Para qualquer tipo de serviço, faça um contrato de trabalho. Isso evita problemas entre ambas as partes. A contratação informal é bastante comum, mas não dá todas as garantias que um contrato firmado oficialmente. Defina com o pedreiro os valore que serão pagos, as condições de pagamento e serviço, os prazos e as demais condições de trabalho. É importante definir as responsabilidades. Afinal, uma obra tem um custo e um prazo de entrega e isso deve ser cumprido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *